PARA QUEM ACHA QUE OS ONZE METROS ESTÃO ACABANDO


Pessoal, tomei a liberdade de reproduzir aqui no meu blog, o que venho debatendo já a algum tempo, a faixa do cidadão não morreu, e com muita certeza vai continuar por muito tempo, visto o artigo de nosso colega Ivan Dias, parabéns Ivan e vamos em frente.
Edison PU2POW
Como os visitantes deste blog ( http://ivandias.wordpress.com ) já sabem, há algum tempo venho operando com alguns momentos de grande surpresa na faixa de 11 metros. E ela é muito mais que a bandalheira promovida pelos caminhoneiros nos 40 primeiros canais. Com boas condições de propagação já trabalhei vários países do Hemisfério Norte, além de Estados nas regiões Norte e Nordeste. Em uma das tantas vezes em que chamei “CQ DX” em 27555 kHz tive a surpresa de ser contestado por um colega da cidade! Certamente não foi um grande DX, mas serviu como oportunidade para que começasse um excelente intercâmbio de ideias.
Há pouco mais de duas semanas tive a oportunidade de visitar o colega Robson Carvalho, 3GB001. Além de ter deixado boa parte da minha estação para um melhor “casamento” (transceptor, linear e microfone de ganho), pude conhecer sua extensa coleção de QSLs e, claro, conversar muito sobre rádio.
Fica meu reconhecimento: os QSLs de 11 metros são um espetáculo à parte e o pessoal tem o prazer de enviar materiais dos mais diversos. Como exemplo, segue uma foto do próprio Robson com uma espécie de pano decorativo alusivo ao condado de Devon, no sudoeste da Inglaterra:
Abaixo está a foto de algo que chamaria a atenção de qualquer pessoa que goste de rádio: um receptor valvulado Telefunken E 127 Kw/4-B

Gostaria de agradecer a hospitalidade do colega Robson. Sem dúvida foram momentos de muita troca de conhecimentos e que certamente se repetirão. E, para quem gosta de rádio e tem um colega próximo, não deixe de visitá-lo. Você não se arrependerá!



POSTAGENS POPUPARES

POSIÇÕES APRS - APRS.FI

.

Resumo para o "Solar-Terrestrial Data"

Variações no campo magnético da Terra são medidos por magnetômetros.
Dois índices são calculados:
Índice K - Faixa de 0 a 9, 0 é calma
Índice A - Usa a média das 8 leituras do índice K, Faixa de 0-400
Geralmente um Índice A igual ou inferior a 15 ou um índice K igual ou inferior a 3 é o melhor para a propagação HF.
Elevados índices A e K reduzem as MUFs, mas ocasionalmente MUFs em baixas latitudes podem aumentar quando os índices A e K são elevados.
Veja no quadro acima, tanto os dados relativos a data de hoje (UTC), quanto a faixa de variação dos índices K e A:

ESTAÇÕES QRP

Loading...

VIDEOS SOBRE APRS

Loading...

Total de visualizações de página

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Gostou? Divulgue o GRAJU!