V Seminário Internacional de Defesa Civil


O DEFENCIL é o Seminário Internacional de Defesa Civil que ocorre anualmente desde 2005, visando a integração dos diversos saberes existentes em nossa sociedade para a construção de comunidades mais seguras. Trata-se de um evento realizado pela comissão organizadora da Secretaria Nacional de Defesa Civil - SEDEC e executado pela equipe de pesquisadores do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres - CEPED/UFSC.
No V DEFENCIL vamos realizar uma ampla discussão sobre nossas necessidades e conquistas. Vamos também iniciar o processo de reflexão de uma política pública com sustentabilidade social. Neste sentido, está aberto à participação de todos, possibilitando o reconhecimento de novos atores relevantes para a Defesa Civil e Assistência Humanitária
A proposta para esta edição é que o evento seja um exercício da Defesa Civil, a partir dos diversos espaços que incluem de conferências a simulados, de minicursos a comunicação de práticas profissionais e pesquisa científica. Igualmente, queremos promover debates preparatórios importantes para realização da Conferência Nacional de Defesa Civil.
Caracteriza-se, portanto, como encontro de saberes, que acontecerá por meio de intercâmbios de experiências e com especialistas internacionais. O V DEFENCIL também é porta de entrada para o Sistema Nacional de Defesa Civil- SINDEC. A troca de experiências e o reconhecimento dos diversos atores promoverá a produção de informações para a sociedade sobre a organização e ação da Defesa Civil e Assistência Humanitária.

O V DEFENCIL está agendado para os dias 18 e 19 de novembro de 2009, no Parque Anhembi - Centro de Eventos e Convenções da cidade de São Paulo.

Contamos com a sua participação.
Venha construir conosco boas práticas de cuidado, proteção e Defesa Civil.

Fonte: http://www.defencil.gov.br/ 

POSTAGENS POPUPARES

POSIÇÕES APRS - APRS.FI

.

Resumo para o "Solar-Terrestrial Data"

Variações no campo magnético da Terra são medidos por magnetômetros.
Dois índices são calculados:
Índice K - Faixa de 0 a 9, 0 é calma
Índice A - Usa a média das 8 leituras do índice K, Faixa de 0-400
Geralmente um Índice A igual ou inferior a 15 ou um índice K igual ou inferior a 3 é o melhor para a propagação HF.
Elevados índices A e K reduzem as MUFs, mas ocasionalmente MUFs em baixas latitudes podem aumentar quando os índices A e K são elevados.
Veja no quadro acima, tanto os dados relativos a data de hoje (UTC), quanto a faixa de variação dos índices K e A:

ESTAÇÕES QRP

Loading...

VIDEOS SOBRE APRS

Loading...

Total de visualizações de página

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Gostou? Divulgue o GRAJU!