Raio e tempestade



O QUE É
Tempestades são caracterizadas por raios e trovões. São produzidas por uma ou mais nuvens cúmulos-nimbos, também conhecidas como nuvens de tempestade. Uma típica nuvem de tempestade tem um diâmetro de 10 a 20 km.  
São registradas em torno de 16 milhões de tempestades com raios anualmente no planeta
A freqüência de tempestades em um dado local depende de vários fatores, entre eles a topografia, a latitude, a proximidade de massas de água e a continentalidade.
Os raios podem ser perigosos. Quando estão caindo por perto, você está sujeito a ser atingido diretamente por eles. A chance de uma pessoa ser atingida por um raio é algo em torno de 1 para 1 milhão. A maioria das mortes e ferimentos não acontece devido à incidência direta de um raio. Na verdade, são efeitos indiretos associados à proximidade do raio ou por efeitos secundários.
 
DANOS

A corrente do raio pode causar sérias queimaduras e outros danos ao coração, pulmões, sistema nervoso central e outras partes do corpo, através do aquecimento e uma variedade de reações eletroquímicas.
A extensão do dano depende da intensidade da corrente, das partes do corpo afetadas, das condições físicas da vítima e das condições específicas do incidente.
Em torno de 20 a 30% das vítimas de raios morrem, a maioria delas por parada cardíaca e respiratória, e 70% dos sobreviventes sofrem devido às sérias seqüelas psicológicas e orgânicas, por um longo tempo. As seqüelas mais comuns são diminuição ou perda de memória, diminuição da capacidade de concentração e distúrbio do sono.
No Brasil, estima-se que aproximadamente 100 pessoas morrem por ano atingidas pelos raios.
 
COMO AGIR 
1- Se eu estiver na rua o que devo fazer para não ser atingindo por um raio? 
- evite lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios, como: pequenas construções não protegidas como celeiros, tendas, barracos ou veículos sem capota como tratores, motocicletas ou bicicletas;
- se estiver trabalhando com trator ou outros implementos agrícolas, pare e procure abrigo, pois eles são freqüentemente atingidos;
- evite estruturas altas tais como torres de linhas telefônicas e de energia elétrica;
- no mar, não use vara de pescar com carretilha. Evite permanecer na água ou em barcos pequenos;
- na rua, procure abrigo em edifícios ou estruturas não metálicas;
- quando não existirem abrigos, afaste-se do maior objeto da área, principalmente de árvores isoladas e deite-se no chão;
- em viagem, permaneça no interior do automóvel, pois ele oferece boa proteção;
- evite estacionar próximo a árvores ou linhas de energia elétrica;
- não entre em rios, lagoa e mar;
- alguns lugares são extremamente perigosos durante uma tempestade.
Por isso:
- não permaneça em áreas abertas como campos de futebol, quadras e estacionamentos;
- não fique no alto de morros ou no topo de prédios onde você seja o ponto mais alto;
- não se aproxime de cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas e trilhos;
- nunca se abrigue debaixo de árvores isoladas.
 
2- E se eu estiver dentro de casa?

 - não use aparelhos como: ferro de passar roupa, secador de cabelos, televisores, telefone (o telefone sem fio pode ser usado);
- evite tomar banho com chuveiro elétrico;
- não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas;
- não toque em equipamentos elétricos que estejam ligados à rede elétrica;
- não se aproxime de cercas de arame, varais metálicos, linhas de força e telefones, encanamentos metálicos, torres ou redes elétricas.
 
 Fontes: Site da Secretaria Nacional de Defesa Civil; Prevenção de desastres naturais: conceitos básicos, Kobiyama et al. (2006)

POSTAGENS POPUPARES

POSIÇÕES APRS - APRS.FI

.

Resumo para o "Solar-Terrestrial Data"

Variações no campo magnético da Terra são medidos por magnetômetros.
Dois índices são calculados:
Índice K - Faixa de 0 a 9, 0 é calma
Índice A - Usa a média das 8 leituras do índice K, Faixa de 0-400
Geralmente um Índice A igual ou inferior a 15 ou um índice K igual ou inferior a 3 é o melhor para a propagação HF.
Elevados índices A e K reduzem as MUFs, mas ocasionalmente MUFs em baixas latitudes podem aumentar quando os índices A e K são elevados.
Veja no quadro acima, tanto os dados relativos a data de hoje (UTC), quanto a faixa de variação dos índices K e A:

ESTAÇÕES QRP

Loading...

VIDEOS SOBRE APRS

Loading...

Total de visualizações de página

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Gostou? Divulgue o GRAJU!