DIA NACIONAL DO RADIOAMADOR - 05 de Novembro


Passados mais de 100 anos desde a primeira transmissão, feita por volta de 1893, pelo Padre Roberto Landell de Moura, o Radioamador, mesmo com toda sua atuação em várias frentes, ainda continua sendo um serviço desconhecido da população em geral.
É muito comum as pessoas perguntarem qual a maior distância que se consegue falar, e, efetivamente, para que serve este Hobby, além de dar interferência em televisores? Ou, então, dizer que um vizinho caminhoneiro tem um (radioamador) no seu “bruto”, aí a coisa pega. Já não basta os principais meios de comunicação noticiarem acontecimentos negativos, envolvendo equipamento, de “Faixa de Cidadão” o “PX’, agora as pessoas também passaram a “elogiar”, mas meio desconfiadas, o Radioamador.
Não que estejamos descriminando o “PX’ em si, porta de entrada para muitos bons radioamadores que conheço, mas o mau uso e a clandestinidade é que acabam fazendo com que as pessoas tenham um certo preconceito com o verdadeiro Radioamador. Infelizmente, algumas vezes este preconceito parte da própria casa do Radioamador. Com ou sem motivo, esta afirmativa é quase sempre verdadeira. Dia desses surgiu uma nova informação sobre o “Nosso dia” Parece desorganização? Mas não é! Clubes, Associações e Labres Regionais têm trabalhado com afinco em prol do radioamadorismo e colhendo frutos. Conseguem trazer os jovens para o nosso convívio, dando-lhes a oportunidade de estarem em contato com um Hobby sadio e promissor.
A fixação de 05 de novembro como o Dia Nacional do Radioamador foi em razão de que, nesta data, no ano de 1924, o Diário Oficial da União publicou, sob o n°16.657, o Decreto que regulamentava as estações de radioamadores existentes no Brasil. O referido Decreto foi baixado tendo em vista a representação feita no ano de 1923, pela Academia Brasileira de Ciências, reconhecendo a existência do radioamadorismo no Brasil.

Os radioamadores foram os pioneiros nas telecomunicações. Eles ajustavam e experimentavam, tentavam isso e aquilo, sempre com o propósito de aumentar o alcance da comunicação ou a eficiência do equipamento. Os radioamadores foram os primeiros a demonstrar a grande utilidade das ondas curtas, foram também os primeiros no uso do espectro das ondas de VHF e UHF. Foram os primeiros a projetar praticamente os equipamentos de transmissão e recepção, empregando válvulas a vácuo e contribuíram bastante para a pesquisa da radiopropagação. Foram os primeiros a abolir completamente as transmissões empregando faísca e também a utilizar a telegrafia.
O radioamadorismo tem sido uma verdadeira câmara de compensação de idéias, e um campo de provas para quase todos os grandes projetos técnicos e operacionais no campo de radiocomunicação.
O radioamadorismo, desde o princípio, ganhou destacada reputação por facilitar as comunicações durante as emergências, ou quando os outros meios falham ou estão sobrecarregados. Os anais da história do radioamadorismo contém um impressionante relatório das várias emergências, catástrofes, epidemias e tantos outros fatos, nos quais os radioamadores, com habilidade e devoção, e até mesmo com o sacrifício pessoal, serviram as suas comunidades e trouxeram recursos rápidos àqueles que necessitavam. Grandes dificuldades foram atenuadas e milhares de vidas e propriedades valiosas foram salvas por seu esforço.
Os radioamadores consideram essa assistência em DEVER e estão sempre prontos para SERVIR a humanidade.
Homenageamos àqueles que têm como sentimento maior a preocupação no servir, sendo a sua máxima “Quem não vive para servir, não serve para viver”.
Salve o Brasil, Salvem os Radioamadores Brasileiros. Assim se expressavam os antigos radioamadores ao término de suas transmissões.
SALVE O DIA NACIONAL DO RADIOAMADOR

Fonte: Internet

POSTAGENS POPUPARES

POSIÇÕES APRS - APRS.FI

.

Resumo para o "Solar-Terrestrial Data"

Variações no campo magnético da Terra são medidos por magnetômetros.
Dois índices são calculados:
Índice K - Faixa de 0 a 9, 0 é calma
Índice A - Usa a média das 8 leituras do índice K, Faixa de 0-400
Geralmente um Índice A igual ou inferior a 15 ou um índice K igual ou inferior a 3 é o melhor para a propagação HF.
Elevados índices A e K reduzem as MUFs, mas ocasionalmente MUFs em baixas latitudes podem aumentar quando os índices A e K são elevados.
Veja no quadro acima, tanto os dados relativos a data de hoje (UTC), quanto a faixa de variação dos índices K e A:

ESTAÇÕES QRP

Loading...

VIDEOS SOBRE APRS

Loading...

Total de visualizações de página

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Gostou? Divulgue o GRAJU!