Neste momento, precisamos todos apoiar a HCJB...

Caros amigos,

O Texto pode parecer longo, mas saliento que a sua leitura completa, por todos radioescuta, é da maior importância.

Vivemos um quadro de transição no meio radiofônico internacional.
A implementação das transmissões digitais, a diminuição das emissões de Ondas Curtas analógicas, a enorme migração de emissoras internacionais para atuações através da internet, e mais uma série de fatores; tem nos mostrado um quadro, que mesmo que não queiramos se mostra com um futuro de maiores dificuldades para todos nós que amamos captar nossas emissoras através de RF.
Mas, isso não é algo que deva ser analisado como um fato consumado, como algo que está pronto e será implementado com rapidez, pois existem muitas variáveis nesta grande equação, as quais podem fazer com que o resultado final ainda seja bem diferente daquilo que julgamos que venha a acontecer no futuro.
Neste quadro, julgamos, que como meros "escutadores de rádio" somos uma parcela desprezível nesta história, e a nossa opinião não terá peso suficiente para influenciar o andamento desta carruagem.
Temos alguns exemplos, onde tentamos através de contatos com emissoras e massivo envio de correspondência, tentar reverter um quadro de fechamento de transmissões.
Lembro-me de a poucos anos atrás o emérito trabalho do dexista Célio Romais, num destes embates, onde envolveu até consulados de países nesta tarefa, e mesmo assim, mesmo depois de todo o trabalho a emissão foi encerrada.
Por outro lado, vi, ainda este ano, um caso, do mesmo trabalho sendo realizado por nossos irmãos de lingua espanhola, principalmente da Argentina, que acabou resultando no mantenimento de um período de emissões em espanhol, mesmo com o fechamento dos demais serviços de uma emissora.
Bem, estamos numa hora como esta, onde teremos de mostrar nossa união, nossa dedicação, nosso amor a esta mídia rádio, e apresentar uma contrapartida, que, não sabemos se será capaz de resultar em uma vitória, mas que julgo devemos fazer, pois maior que a tristeza de uma derrota é a vergonha de sermos omissos, e não lutarmos.
Aquele que perde, após uma grande batalha, mostrou que é um grande guerreiro e que a vitória, resulta de pequenos detalhes (como dizem os técnicos de futebol) mas é o lutar que demonstra a qualidade de luta, perseverança e dedicação de um combatente verdadeiro.
Recebi hoje, uma mensagem do grande amigo e dileto dexista Chileno, Hector Friaz, coordenador do Radioescuchas Federachi (do Chile), onde ele me alerta que eles já consideram perdidas as possibilidades que a HCJB volte a emitir em espanhol, mas que por outro lado, observa uma luta interior na própria emissora, no sentido de manter as emissões, ou uma boa parte delas no tocante ao serviço em português.
Ele me salienta que mesmo nesta abruptas mudanças que foi obrigada a fazer, com a desativação quase completa da planta transmissora de Pifo, devido a construção do aeroporto na região, a HCJB mantém sempre um elo de ligação com o Brasil, procurando alongar ao extremo, as suas emisões em nosso idioma.
Por outro lado, além desta disposição da HCJB, temos de reconhecer, que esta emissora, nos abriu uma grande porta, sem onus, nos cedendo espaço para um programa dexista, que durante tantos anos mantivemos com tanto brilho e com grande satisfação de ambas as partes. Neste período, sempre sentimos uma recíproca satisfação em participarmos da programação da emissora, um sentimento que verificamos que ocorria de ambos os lados. Realmente nos sentíamos bem em trabalharmos juntos.
Agora, neste instante, onde a emissora passa por estes problemas, que são resultantes de uma situação que nada tem a ver com a própria gerência da mesma, mas é oriunda de uma ocorrência externa(construção do aeroporto), que tal como um acidente de percurso, veio lhe trazer estas dificuldades; não podemos nos apartarmos destes nossos amigos, e nos mostrarmos omissos e conformados com a situação.
O nosso papel neste momento é o de utilizarmos ao máximo as armas que temos, para combatermos o problema, lado a lado com a HCJB, para ao final, mesmo que não obtenhamos uma vitória completa, tenhamos a consciência tranquila de termos feito a nossa parte.
Conforme me transmitiu o Hector Friaz, ele recebeu correspondência de Esther Neufelda, da HCJB, onde ela informa que a emissora estará realizando testes, para o Brasil, nos dias 07 (infelizmente já passado), e também no dia 11 de setembro, em português, desde o centro transmissor da CVC, em Calera de Tango, na frequência de 11.755 kHz, ás 0000 UTC.
Eles estão muito preocupados com a possibilidade dos sinais não conseguirem atingir satisfatóriamente o Brasil e por isso solicitam encarecidamente o envio de Informes de recepção de todas as regiões do Brasil, informando sobre a qualidade desta emissão de teste, pois estas informação serão importantíssimas para ajustes posteriores que serão feitos.
Vejam, que mesmo neste momento, onde pensamos que as emissões iriam ser totalmente encerradas, a HCJB se preocupa em realizar emissões de testes voltadas para nós brasileiros.
Não podemos deixar sozinhos estes nossos irmãos, e devemos todos, em uníssono, tentarmos no próximo dia 11 de setembro, sintonizarmos nossos receptores em 11.755 kHz, ás 0000 UTC, e enviarmos o maior número de informes de recepção e correspondências para a emissora, que com tanta dedicação e carinho tem nos atendido.
Fazendo isso, estaremos dando um pequeno retorno de carinho e atenção, áqueles que tanto nos proporcionaram, de maneira gratuita, por tantos anos.
Esta é uma tarefa de todos nós, de todas as agremiações dexistas do Brasil, pois estaremos trabalhando por um objetivo que é comum a todos nós.
Conto com a participação de todos nesta tarefa e tenho certeza que o dexismo brasileiro irá mostrar a sua força neste momento...

Um grande abraço e mãos á obra,
Adalberto Marques de Azevedo
Membro do DX Clube do Brasil
Barbacena - MG

POSTAGENS POPUPARES

POSIÇÕES APRS - APRS.FI

.

Resumo para o "Solar-Terrestrial Data"

Variações no campo magnético da Terra são medidos por magnetômetros.
Dois índices são calculados:
Índice K - Faixa de 0 a 9, 0 é calma
Índice A - Usa a média das 8 leituras do índice K, Faixa de 0-400
Geralmente um Índice A igual ou inferior a 15 ou um índice K igual ou inferior a 3 é o melhor para a propagação HF.
Elevados índices A e K reduzem as MUFs, mas ocasionalmente MUFs em baixas latitudes podem aumentar quando os índices A e K são elevados.
Veja no quadro acima, tanto os dados relativos a data de hoje (UTC), quanto a faixa de variação dos índices K e A:

ESTAÇÕES QRP

Loading...

VIDEOS SOBRE APRS

Loading...

Total de visualizações de página

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Gostou? Divulgue o GRAJU!