17/04/2009

Jundiaí/SP: Lei 462 torna obrigatória a instalação de aquecedores solares nas novas edificações da cidade

Mais uma importante cidade do país já tem sua lei solar. Em Jundiaí, assim como acontecido em Ribeirão Preto, a Câmara de Vereadores promulgou em Novembro de 2008 e de forma assertiva a Lei 462 que torna obrigatória a instalação dos aquecedores solares nas novas edificações residências, comerciais e industriais da cidade. O caso da cidade de Jundiaí não é o primeiro no qual a câmara rejeita o veto do Prefeito e publica a lei.
Entenda o processo: se um determinado projeto de lei é aprovado, ele é enviado para sanção do Prefeito. Quando vai a sanção, o projeto pode ser vetado pelo Prefeito, no todo ou em parte. Se isso ocorrer, caberá ao Legislativo examinar o veto, dentro de um prazo estabelecido na Lei Orgânica. Derrubado o veto, o Prefeito disporá também de um prazo para sancionar a nova lei. Se ele não o fizer, caberá ao presidente da Câmara promulga - lá.
Agora a Iniciativa Cidades Solares vai mobilizar diferentes setores da sociedade para regulamentar e monitorar o cumprimento da lei, comenta Carlos Faria, coordenador da Iniciativa.

Faça cumprir a lei. Seja um fiscal do Sol em sua cidade.

 

POSTAGENS POPUPARES

POSIÇÕES APRS - APRS.FI

.

Resumo para o "Solar-Terrestrial Data"

Variações no campo magnético da Terra são medidos por magnetômetros.
Dois índices são calculados:
Índice K - Faixa de 0 a 9, 0 é calma
Índice A - Usa a média das 8 leituras do índice K, Faixa de 0-400
Geralmente um Índice A igual ou inferior a 15 ou um índice K igual ou inferior a 3 é o melhor para a propagação HF.
Elevados índices A e K reduzem as MUFs, mas ocasionalmente MUFs em baixas latitudes podem aumentar quando os índices A e K são elevados.
Veja no quadro acima, tanto os dados relativos a data de hoje (UTC), quanto a faixa de variação dos índices K e A:

ESTAÇÕES QRP

Loading...

VIDEOS SOBRE APRS

Loading...

Total de visualizações de página

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Gostou? Divulgue o GRAJU!